Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Quase Diário

O Quase Diário

In the Trees [take me to the lakes ode]

08.08.20, Joana Cavalcanti
onde tudo anda confuso estou eu metida e meu amor levo-te comigo até o sol e a lua faço girar ao contrário é a minha tristeza a estragar relógios e fusos horários Leva-me até ao pinhal, em Sintra onde já fui tão feliz Mas meu amor, não sem Ti. Onde comprei o Santo António Cor de Rosa Choque E ainda não passávamos dos vinte Preciso de chorar num lugar mágico que reis e rainhas puderam pisar,  mas também cheio de neblina para disfarçar o embaciar do meu olhar Mas não sem Ti. Leva (...)

I remember you well

07.08.20, Joana Cavalcanti
  Ponho a tocar a minha canção de amor preferida.  Talvez um dia te escreva uma também com nome de filme, nome de Hotel. Onde te digo que não sei viver sem ti por mais orgulho que tenha.  Por agora ouço Leonard Cohen, nestas vozes que me elevam,  Desfolho um livro de pintura ao sabor de uma cevada quente. Dormes já. Uma vez mais são 4h da manhã e finjo ter sono ao som da melodia Não quero que acabe. Porque é que as canções seguem o ritmo da vida? Fluem e chegam sempre ao (...)

The 1

06.08.20, Joana Cavalcanti
Já passaram o quê? 10, 12 anos? Ainda te lembras de mim? Do tempo que herdaste a olhar-me de alto a baixo, sem me conhecer, sem me falar. O Encontrão no corredor do piso 3. O café que tomávamos todos os dias à mesma hora, o raspão pele-com-pele naquele verão. O teu tropeção quando me maquilhei bem à séria. But it would've been fun...If you would've been the one Seriam 2 ou 3 filhos? Férias no Algarve, gelado santini ao fim de semana. Tu no topo de carreira, eu em casa com (...)

"e ver que casa é uma pessoa e que cabemos lá os dois"

06.08.20, Joana Cavalcanti
Volto folhas do moleskine. Histórias de amor, histórias de família sem fim. Mas a verdade é que ainda paira inquietude em nós. A minha inquietude. Sei que te falta a paz, a "casa", o facto de ainda te assustar com a minha inconstância. É que quero a vida toda num só dia, sem depois a conseguir processar ao viver tal a intensidade desta, sem saber depois colocar, arrumar, em gavetas por categorias e ordem sentimentos - Desordem é o que sou. Confusão. Às vezes não sei como (...)

Invisible String

05.08.20, Joana Cavalcanti
Eras pequeno e ias de autocarro para a escola. Gostavas de decorar as matriculas e modelos dos carros...talvez alguma vez tenhas passado pelo carro onde eu vinha. Eu costumava brincar no jardim de Cascais, e mais tarde apanhar o comboio e passear por lá, quando to mostrei continuava com aquele relvado verde imenso. Aos fins de semana gostavas de ir ver e fotografar os aviões. Quem sabe se nunca apanhaste o voo onde eu ia para Paris ou Hong Kong. (levaste-me como na canção até lá. (...)

Invisible String

05.08.20, Joana Cavalcanti
Eras pequeno e ias de autocarro para a escola. Gostavas de decorar as matriculas e modelos dos carros...talvez alguma vez tenhas passado pelo carro onde eu vinha. Eu costumava brincar no jardim de Cascais, e mais tarde apanhar o comboio e passear por lá, quando to mostrei continuava com aquele relvado verde imenso. Aos fins de semana gostavas de ir ver e fotografar os aviões. Quem sabe se nunca apanhaste o voo onde eu ia para Paris ou Hong Kong. (levaste-me como na canção até lá. (...)

So, I showed up at your party

02.08.20, Joana Cavalcanti
Era o Frederico. Tínhamos sido colegas de escola desde os 6 anos. Ele era um ano mais velho tinha agora 17. Tínhamos saído os dois do colégio. Íamos para a pública. Íamos deixar de ser colegas. O Fred apareceu de skate à minha porta e enquanto eu o despachava ao portão, aparece a minha mãe a convidá-lo para entrar... lembro-me de ter ficado furiosa, (na altura eu só via o Tomás à frente). Subimos as escadas com um saco de mini Sneakers e fomos ver um filme sozinhos para o (...)

Agosto

01.08.20, Joana Cavalcanti
Dizem que agosto é mágico. Ela vê aquele agosto como o primeiro agosto em que sentiu luzes reluzir, pirilampos e borboletas, céu cor de rosa no por do sol. (Porque até antes agosto era só aquele mês clichê em que todos vão de férias. Agosto nunca mais foi clichê). Recorda de cor o largo dos correios para onde foi a pé. 23. Foi lento e acelaradissímo o compasso dos passos, ri... coração que lhe pisca o olho. Ele estava nervoso fora do Smart cinzento encostado à porta. Aí (...)

Inquietação

20.12.19, Joana Cavalcanti
    chega. beijinho no nariz. olha que há demasiados 'Amo-tes' por aí.  tanto queria que viesses atrás do vestido azul entraste na porta errada na primeira oportunidade. já não estava de azul quando de novo me olhaste. vermelho. chega. "and please my day". que há demasiados corações desmembrados lá fora. tocaste ao de leve na pele. na minha pele de galinha por te ver no café. pedi um galão. pediste o cliché café.  conversa. olhar. tocar. beijar. chega. (...)

Quando não sabemos quem somos...

17.07.19, Joana Cavalcanti
Quer estejas a passar pelo que parece o pior momento da tua vida ou apenas em busca de novos desafios por exemplo de trabalho, és constantemente confrontada com um universo que te exige mais disto, mais daquilo.  És não só mulher, mas talvez mãe, namorada, companheira, colaboradora, coordenadora de algum projecto próprio que tens em mãos, responsável pelas tarefas domésticas, chefe de cozinha, amante de cinema nas horas livres, sonhadora compulsiva, revolucionária wanna (...)